Já imaginou ver uma cor pela primeira vez?

Ver cor pela primeira vez

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Já imaginou ver uma cor pela primeira vez? Parece impossível imaginar isso, mas pense em alguém com 30 anos e que nunca viu a cor vermelha. O Daltonismo afeta 1(uma) em cada 200 mulheres e 1(um) em cada 12 homens.

Pensando nisso a empresa americana EnChroma, desenvolveu um óculos que alivia o daltonismo, aumentando a percepção das cores de quem o utiliza. Foram feitas pesquisas sobre a doença até que se conseguiu criar um filtro, chamado de Multinotch, que intensificam as cores que o verde e vermelho usam nas ondas de luz.

São três modelos de lente: sendo uma mais escura e as outras duas mais claras. Podem ser usadas por aqueles que sofrem de daltonismo dos tipos protanomalia (não identifica a cor vermelha) e deuteranopia (não identifica a cor verde). E uma lente de descanso, para leitura e para ver TV, que não é indicada para quem não enxerga a cor vermelha.

Mas qual é o diferencial destes óculos dos demais óculos comuns? Uma camada extra na lente que é capaz de filtrar a luz de um modo que certos tons sejam intensificados – tons que os daltônicos têm dificuldade em enxergar. A empresa criou essa camada baseada em um “modelo matemático do sistema visual humano que é capaz de prever o efeito de percepção de cores de qualquer filtro colocado na frente dos olhos”.

Os resultados variam com o tipo e nível de daltonismo de cada indivíduo. Os óculos são estimados para ser eficaz para 4 de cada 5 casos. Porém existem outros tipos de daltonismo e infelizmente quem sofre de um tipo diferente dos citados acima, pode não conseguir o resultado esperado. São vendidos em vários tamanhos e modelos de armação. Sai em média R$1.000.00, mas ainda não há muita diversidade de modelos para o Brasil.

Gostou dessa matéria? Comente sobre a sua opinião!

Anúncio

Ultimas noticias

Pesquisar